Visão e traslado: Pra. Elza Amorim

553
Visão e traslado: riquezas do Brasil balançada e florestas roubadas, extraviada; carro explode; explosão, clarão; processar jornais por indevida exposição; Edson Gomes; a farsa do Covid; revolta, protesto e destruição, fogo, incêndio.
Na madrugada do dia 23 de julho de 2021, ou 23 de julho do ano 4 do século 21 D.C., eu tive essas visões, assim como, eu também fui trasladada em meu espírito e vi e ouvir o que segue:
✔️Eu vi a bandeira brasileira, estava pendurada em uma haste, estava aberta, era bem grande, retangular, e o vento à balançava para baixo. As cores verde e o amarelo chamou muito a minha atenção, o verde era bem sumo, parecia liquido de folhas pisadas, bem verde, e teve um momento que parecia vazar o sumo, já o amarelo era opaco, desbotado, sem vida.
Minha mente voltou
(eu entendi que, as riquezas, a economia do Brasil parece que está bem, mas não está, perdeu o vigor, as nossas florestas estão sendo destruídas, extrativada roubadas. Ventos desfavoráveis empurra a Nação para baixo)
✔️Depois eu vi uma rua principal, e vi uma outra bem larga, que seria uma transversal, e eu me vi nessa rua transversal, e na rua principal tinha um carro pequeno, parado, eu não sei se era um carro da polícia ou era um outro carro, penso que havia algo com investigação, perseguição, algo desse tipo.
E eu me vi olhando para esse carro de cor escura, forte. De repente, o carro explodiu, e o fundo no vácuo abriu soltando um jato de fumaça, e o carro começou a pegar fogo, completamente, parecia coisa de firme
Minha mente voltou
✔️Depois eu vi uma esquina de casa, rua, ou uma muralha, não sei direito, e eu vi muito fogo, subia um intenso clarão ambar para avermelhado que clareava longe.
Parei de ver
✔️Depois eu ouvia muitas falas, eu via as cenas, era algo tenso, havia corre corre. Eu via pessoas carregando outra em maca, e ao mesmo tempo puxadas pelos braços e pernas; a pessoa carregada, eu via o corpo, o rosto eu não conseguia ver, parecia estar morta, desmaiadas, eu via muitas pessoas, jornalistas por ali, havia muito vexame, e eu ouvir um homem dizer assim:
“eu vou processar jornais por expor imagem das pessoas, que todos estão vendo, não ter como se defender”
(Jornalistas urubus que usam da miséria alheia para ter audiência, terão que responder por expor as pessoas, seja está pessoa quem for)
✔️Depois eu ouvia falas, era como se fosse uma homenagem, alguém dava testemunho sobre outra pessoa. E eu a ouvir falar assim;
“…uma das vozes jornalista (ou foi radialista) que eu vivenciei foi Edson Gomes”
(Algo irá acontecer com este Edson Gomes)
✔️Depois eu ouvia uma tremenda confusão, e eu vi uma área aberta, e eu vi um jornalista em pé, entrevistando um casal, o homem estava como protegendo a esposa com o braço sobre os ombros dela, e eu ouvir assim:
“uma dessas pessoas que escapou disse que viu plástico na boca das pessoas para ficarem caladas”
Minha mente voltou
(Isto foi alguém que escapou do hospital onde iria ser entubada por covid, e estava fazendo denúncia.
A verdade sobre essa pandemia estar vindo a público, as pessoas que disseram que morreu de Covid na verdade as mataram… aguardemos)
✔️Depois eu via cenas, era muito barulho, tumulto, confusão e desespero, e eu  li como se tivesse escrito  no ar, assim:
“…Dias Depois…”
Então eu via ruína, lugares apedrejados, muita destruição, muita fumaça parecia de protesto,  pessoas como descontroladas, via escombro, via escuridão, desolação, cenas de pleno devastação.
Minha mente voltou
(Vai haver tanta revolta, quando a farsa for descoberta)
✔️Depois eu vi muito fogo, incêndio, era um fogo vermelho, e consumia uma área grande.
Eu vi ainda outras coisas, mas não conseguir guardar.
QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR QUE OUÇA!
Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta. Ezequiel 33:33
Pra. Elza Amorim