Filme ‘A Guerra do Amanhã’ traz lições sobre família e relacionamento entre pais e filhos, diz pastor

225

 

O filme A Guerra do Amanhã, estrelado pelo ator cristão Chris Pratt, foi recomendado como uma ótima opção de entretenimento que exalta a importância da família e valoriza o casamento.

A sinopse do filme, disponibilizada pela produtora, dá pouco destaque ao aspecto familiar da história, destacando as premissas da ficção científica: “A humanidade está perdendo uma batalha global contra uma espécie mortal de alienígenas em 2051”.

Em seguida, o resumo do filme – lançado via streaming na plataforma Prime Video – acrescenta que “para garantir a sobrevivência dos humanos, soldados e civis do presente são transportados para o futuro e se juntam à luta, entre eles Dan Forester (Chris Pratt), um pai de família determinado a salvar o mundo”.

O pastor Renato Vargens publicou um breve artigo compartilhando sua experiência ao assistir A Guerra do Amanhã e o recomendou ao público cristão: “Sem sombra de dúvidas é um bom filme para assistir”.

“O enredo é muito interessante e bem trabalhado. O filme é cheio de efeitos especiais e de suspense, prendendo a atenção do telespectador do início ao fim. No entanto, nem só de efeitos vive o filme, até mesmo porque a película nos traz lições extremamente relevantes quanto à importância da família, da relação conjugal e do relacionamento entre pais e filhos”, acrescentou o pastor.

Chris Pratt é um dos poucos atores cristãos em destaque na indústria de filmes de Hollywood. Em agosto do ano passado, ao compartilhar fotos do nascimento de sua segunda filha, Lyla Maria, o protagonista dos filmes Jurassic World e Guardiões da Galáxia exaltou a dádiva da paternidade.

“Estamos muito entusiasmados em anunciar o nascimento de nossa filha Lyla Maria Schwarzenegger Pratt. Não poderíamos estar mais felizes e nos sentimos extremamente abençoados. Salmo 126:3 Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres. Salmo 127 Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá. Como flechas nas mãos do guerreiro são os filhos nascidos na juventude”, escreveu o ator.

Casado com a escritora Katherine Schwarzenegger, filha do famoso ator de mesmo sobrenome, ele foi alvo de uma mobilização de “cancelamento” nas redes sociais recentemente por conta de seu posicionamento abertamente cristão.

Noticias.gosapelmais.com.br