Reforço no número de servidores na Saúde de Porto Velho

88

Mais oito médicos estão em fase de contratação pela Prefeitura de Porto Velho. Eles irão atuar na linha de frente contra a Covid-19. Os profissionais já passaram pelo processo seletivo simplificado, foram convocados pela Secretaria Municipal de Administração (Semad) e já entregaram documentos para a assinatura do contrato.

Atualmente, de acordo com o edital vigente 17/2021, existem 171 profissionais inscritos no processo seletivo simplificado realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), sendo 117 médicos com carga horária de 20 horas, e 54 para trabalharem durante 40 horas semanais. A contratação será de forma gradativa, conforme a apresentação dos mesmos, após convocação.

No último dia 12, a Semad publicou o edital 020/2021 convocando 81 médicos que, após a entrega da documentação exigida, irão atuar nas unidades de saúde da capital. Até o momento, apenas oito compareceram.

Essas contratações atendem a determinação do prefeito Hildon Chaves, no sentido de garantir atendimento rápido e humanizado nas unidades de saúde do município.

INSCRIÇÕES

A secretária da Semusa, Eliana Pasini, explica que o edital para contratação de profissionais médicos tem prazo de inscrição ininterrupto enquanto durar a pandemia, por causa da necessidade de novos médicos para trabalharem no enfrentamento a Covid-19.

“Nesse edital foram disponibilizadas vagas para 66 médicos de 20 horas para serem lotados nas unidades de saúde de Porto Velho, além de médicos de 40 horas, sendo 26 para a capital, sete para União Bandeirantes, dois para Jaci Paraná, um para Rio das Garças, um para o assentamento Joana Darc e também um para o distrito de Calama, no Baixo Madeira, totalizando 104 vagas”, afirmou.

CONTRATAÇÕES

A contratação ocorrerá conforme a ordem de inscrição dos candidatos. Para se inscrever, os principais critérios são os seguintes: apresentar o certificado em graduação em medicina e registro profissional no Conselho de Classe (CRM).

Passado o prazo de 15 dias corridos de convocação da primeira seleção, a Semusa enviará uma nova lista de profissionais aptos a serem contratados para a Semad, conforme a necessidade da rede municipal de saúde e atendendo aos critérios estabelecidos no edital.

(AI)