Franklin Graham diz que mesmo na pandemia, Deus criou oportunidades para o Evangelho

444

O evangelista explicou que mesmo com as crises de 2020, novas oportunidades foram criadas para a pregação do Evangelho.

O evangelista e presidente da Bolsa do Samaritano e da Associação Evangelística Billy Graham (BGEA), Franklin Graham está agradecendo a Deus pelas oportunidades contínuas de compartilhar o Evangelho, apesar dos desafios vistos ao longo de 2020.

Em uma postagem publicada no site da Associação Billy Graham, o filho do falecido evangelista Billy Graham falou sobre uma variedade de tópicos, incluindo a eleição presidencial, novas oportunidades do Evangelho e desbravamento para o novo Centro Billy Graham.

O pastor acredita que o resultado da eleição presidencial será de fato decidido nos tribunais e que os cristãos devem continuar orando pelos Estados Unidos e seus líderes.

Ele enfatizou que independentemente do resultado, esta é uma batalha espiritual, conforme declarado em Efésios 6:12.

“Não lutamos contra carne e sangue, mas contra os governantes, contra as autoridades, contra os poderes cósmicos sobre as trevas presentes, contra as forças espirituais do mal nos lugares celestiais”, escreveu ele.

Respodendo às crises com solidariedade e Evangelho

Graham também falou de uma batalha física, enquanto os capelães da Equipe de Resposta de Billy Graham cuidavam das pessoas na Louisiana e no Alabama depois que os furacões Laura, Delta, Sally e Zeta causaram estragos na área.

Ele testemunhou sobre uma mulher chamada Anna que entregou sua vida a Cristo depois que os capelães dirigiram por quase uma hora para chegar à sua casa, que havia sido danificada pelo furacão, em Foley, Alabama (EUA). Os capelães trouxeram cupcakes para ela, depois de saber que era seu aniversário naquele dia e Deus concedeu a eles a oportunidade de compartilhar o Evangelho com ela.

“Quanto mais tempo eles compartilhavam, mais calorosa e entusiasmada ela ficava”, observou Graham. “Então, ela indicou que queria se arrepender de seus pecados e receber Jesus Cristo em sua vida. Anna repetia sem parar como se sentia uma nova pessoa: ‘Sinto-me renascida!’. Naquele dia, eles não só comemoraram seu aniversário natural, mas também o espiritual!”.

“Durante este ano sem precedentes, com desafios inesperados, como a pandemia do coronavírus, Deus nos deu novas oportunidades de compartilhar o Evangelho”, afirmou Graham.

Oportunidades adicionais do evangelho surgiram por meio da Linha de Oração Billy Graham 24 horas por dia, 7 dias por semana e por meio dos anúncios do ministério na TV Gospel. Somente na fila de oração, Graham relatou que “recebemos mais de 239.000 ligações desde março”.

Em 2021, Graham e seu ministério esperam hospedar eventos evangelísticos presenciais, dependendo das restrições do COVID-19.

“Meu filho Will está se preparando para a Celebração de Tiftarea em Tifton, Geórgia, de 5 a 7 de fevereiro. Este será nosso primeiro grande evento evangelístico presencial, desde que a pandemia encerrou tudo”, ele escreveu.

O próprio Graham planeja pregar em um festival de um dia em Milão, Itália, no ano que vem.

“A Associação Evangelística Billy Graham (BGEA) está engajada no ministério evangelístico na Itália antes e durante a pandemia, e fomos convidados por centenas de igrejas para voltar e pregar as Boas Novas”, Graham compartilhou.

Apesar da “realidade persistente” da pandemia, “vamos orar para que a pandemia diminua”, continuou Graham. “Quer seja pessoalmente ou online através de eventos virtuais, queremos compartilhar o Evangelho de mudança de vida com tantas pessoas quanto possível”.

“Não importa o que esteja acontecendo em nossa nação ou no mundo, nossa responsabilidade de compartilhar a verdade e a esperança de Jesus Cristo não mudou”, concluiu Graham.

 

Guiame