Covid-19: Merck Sharp & Dohme recruta voluntários para testes

25
Teste da vacina contra a doença de coronavírus (COVID-19) na Tailândia

A farmacêutica norte-americana Merck Sharp & Dohme começou a recrutar participantes para um estúdio inicial de vacinas contra a covid-19, segundo a base de dados governamental clinicaltrials.gov.

Os testes de fases 1 e 2, sediados na Bélgica, buscam recrutar 260 participantes saudáveis para testar a vacina experimental V591, à qual obteve acesso como parte do acordo de maio com a fabricante de vacina austríaca Themis Bioscience.

A vacina é baseada em um vírus modificado do sarampo que injeta pedaços do novo coronavírus no corpo para prevenir a covid-19.

A Merck Sharp & Dohme entrou depois de concorrentes na corrida para desenvolver uma vacina segura e eficiente para a doença respiratória contagiosa, após as rivais Pfizer, AstraZeneca e Moderna já estarem em estágios avançados de testes.

A farmacêutica também está colaborando com a organização de pesquisa sem fins lucrativos IAVI em uma segunda candidata à vacina que usa a mesma tecnologia da vacina da empresa contra Ebola, a ERVEBO.

No começo deste mês, o executivo-chefe Kenneth Frazier disse que a segunda candidata deve começar os testes no final deste ano.

Wall Street Journal foi o primeiro a publicar a informação, nesta sexta-feira (11)

Agencia Brasil