Constituição Federal X Pandemia X direitos do Cidadão – Por Elza Amorim Carvalho

31
Art. 1º
  [Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição]
Eu vou usar a nossa CF para fazer a minha mensagem neste dia, pois vejo atualmente, uma terrível violação dos nossos direitos.
Se todo poder emana do povo, o voto e a consulta popular de forma correta, é a fonte base para qualquer político tomar determinadas decisões.
Submeter a população ao que estão submetendo é uma falta de respeito.
Não vou desmerecer a Pandemia, mas a jogada política que se instalou por detrás é mais ordinária do que ela.
As inescrupulosas leis e normas que estão submetendo a população, matará futuramente, muito mais pessoas do que a Pandemia em si.
Todas as leis ordenadas nesta Nação não pode jamais ir contra a Constituição Federal.
Este será o resultado das medidas de “prevenção” que estão impondo a Sociedade.
Ataques psicótico, depressão, desequilíbrio emocional, síndrome do medo, pavor, perda de memória, medo de outras pessoas, estrupos de crianças, violência contra mulheres, insegurança, violência contra o Cidadão normal, fome, entre outros.
Um terrível mal já está por vir.
Vejamos como políticos estão destruindo a nossa CF.
Art. 5º
        II –  ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;
        (Nenhum brasileiro pode ser obrigado a se submeter as injustiças e delírios os quais está sendo impostos por políticos e outras autoridades.
        Isolamento social é para quem está preso e não para o Cidadão comum.
        Lockdown é encaminhar as pessoas para o extremo da depressão, forcá-la ao distúrbio interno composto com a sensação de pavor e de fracasso, e pode levá-las a morte.
        Uso de máscaras é para fazer a pessoa sã ficar doente, pois sem renovar o ar de seus pulmões elas terão problemas respiratórios e consequentemente, irem aos hospitais e assim receber o diagnóstico de COVID.
        Os argumentos usados como para “beneficiar” a Sociedade, são atributos para mesclar a verdade escondida em muitos. Que e a usurpação e ganância.
        Nenhum governador ou prefeito tem maior poder do que o Presidente da República, isto é uma farsa.
        Todo poder emana do povo, nenhuma autoridade que não foi constituída pelo povo tem maior poder do que aquele que o povo delegou poder.
        Nenhum Estado pode exercer poderes maior do que a Constituição Federal, isso é coibir a autoridade maior da Nação, isto é um tremendo retrocesso, é  perda do que já se conquistou)
        III –  ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;
        (Porém não é isto que tem acontecido atualmente, a população brasileira tem sido violentada em seu psicológico por jornalistas e autoridades políticas, as quais tem usado do poder da mídia para fazer lavagem cerebral e depressiva nas pessoas.
Estes, implantaram o medo e a opressão de tamanha forma que sugou todas as vertentes de energias que poderia existir na Sociedade.
        As pessoas ficaram totalmente dominadas pelo pavor, e isto tem deixado a multidão como desequilibrada, tensa, qualquer coisa que lhes desagrada, ela reagem de maneira violenta, agressiva.
        É cruel como violaram estes direitos pessoais, mostrar todos os dias principalmente em horário do almoço ou nobre, centenas de sepulturas abertas, e isto por meses, para pessoas que já estão lutando contra a depressão, é o mesmo que incentivá-las ao suicídio.
       A maior parte do sistema jornalístico contribuiu para que o sistema nervoso da grande massa, ficasse por demais, abalado. Isto é tortura e cabe processo, indenização, reparo.
       Informar com eficácia não é embutir e conduzir a opressão.
      IV –  é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
(É vergonhoso e sem base alguma o uso de máscaras, todo Cidadão brasileiro é livre para expor o seu pensamento, a sua ideia, e poder mostrar-se livremente, sem ser hostilizado. É proibido viver as escuras.
Obrigar a população a usar máscaras e submetê-la a servidão, a escravidão, é querer que a pessoa perca a sua própria identidade.
E o mais intolerável é; os mesmos que exigem do povo o distanciamento, a obediência, quando eles querem fazer a vontade deles prevalecer, eles mesmo transgridem suas leis.
Se os seus agentes encontrar resistência por parte de alguém, estes esquecem das suas regras e ajuntam-se em bandos para agarrar, amordaçar, e prender àqueles que eles chamam de descumpridores das ordens.
Dois pesos e duas medidas)
        V –  é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;
(Dentro deste contexto, fica explicitamente claro que tanto autoridades quanto a mídia no geral, estão infligindo o direito individual do Cidadão.
Obrigar as pessoas a obedecerem as suas ordens, sem demonstrar profundas análise dos seus argumentos, só porque outra Nação concluiu que isto esteja correto, é o cúmulo do absurdo.
Cada Nação tem a sua Constituição. Quem anda só copiando o que é de outrem é porque não possuí capacidade própria, não é o caso do Brasil, somos um País livre, independente, respeitado e abençoado por Deus.
Para o Brasil tomar uma decisão tão grotesca, colocando tantas vidas em risco, seria necessário que estudos e análises profundas tivessem sido feita no Brasil. Seria necessário uma comprovação de forma concisa e coerente de que de fato, isto seria o certo e não porque alguém falou.
Haja vista a discrepância existente entre as classes sociais nesta Nação. É muito fácil impor isolamento quando se tem várias moradias, fazendas, camping para ir a hora que quiser, diferente de dividir um quarto e sala para oito pessoas.
Deverás, o uso das máscaras foi promovido pela China. Porém, não é a China quem manda no Brasil, o Brasil tem suas próprias Leis, ordens.
Submeter a Nação a sugestões de estranhos é uma estupidez generalizada.
Poderia até ser aceitável, se opcional.
No entanto, ficar expondo a imagem de alguém como se essa pessoa fosse desertora da lei, e por repetidas vezes, por esta pessoa está obedecendo a CF é lastimável.
        VI –  é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
(Parece que este inciso perdeu por total o seu efeito, políticos e articuladores projetam de todas as formas anular direitos regidos na Constituição.
Obrigam fechar os templos religiosos e ainda usar como álibi “proteção” proteção do que mesmo, da fé? Das pessoas se libertarem de forças do mal? De conhecer a verdade que o mundo desconhece? De cultuar o seu DEUS?
Tudo não passa de um pseudo, porque o real intuito é desvirtuar o povo brasileiro de sua crença e corrompê-los dos seus ideais.
        X –  são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;
(Isto aqui é fatal, o que está havendo de transgressão por parte da mídia quanto a este inciso é assustador.
Estão extrapolando todos conceitos de privacidade, pessoas tem tido os seus rostos nas mídias televisivas de forma negativa, são mostradas como se elas tivessem matado alguém, só porque elas se recusaram usar a máscara ou ficar em casa, que absurdo.
É uma violência a integridade pessoal  tal exposição!
A exposição da imagem de alguém sem o aval da pessoa, requer processo, indenização.
Muitas vezes, as consequências que vem depois daquela infame exposição é irreparável para a vítima.
Ninguém vai sentir a dor ou ser hostilizado no lugar de ninguém não.
Outra coisa ordinária que fazem: usam a imagem de pessoas fragilizadas, destruídas pela dor da perda, pessoas totalmente vuneráveis, com seus corações em pedaços, em profundas tristezas, para fazer manchetes apelativas.
Que jornalismo macabro, infame, usando da dor alheia para se promover.
        XV –  é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens;
(Apesar da guerra entre políticos, o Brasil é pacífico e acolhedor, só que, o Cidadão normal tem tido seus direitos amputados e de forma brusca, as pessoas não podem mais saírem nas ruas, pois são vigiadas, perseguidas e multadas.
Parece que toda a população é bandida ou está acometida de uma doença infecciosa e pegajosa.
Na verdade, o grande mal desta Nação, e está sendo administrada por pessoas corruptas, desonestas. É está submersa e submissa a jogadas políticas.
Como dizia o saudoso Bóris Casoy, “ISTO É UMA VERGONHA”)
        XVI –  todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;
 (Eu assistir um pequeno grupo sentado pacificamente na Cidade de Brasília, e estas pessoas foram humilhadas ridiculamente, tendo os seus olhos borrifados com spay de pimenta, assistir mulheres sendo levadas presas pelo simples fato estar refletindo em praças, ou está em seu silêncio sentada em frente ao mar, jovem sendo agredido por caminhar em uma orla no Rio de Janeiro, assistir pessoas serem agredidas, feridas e tirada a força de dentro de coletivo, pessoas hostilizadas tratadas com malfeitores em centro comerciais, só porquê elas estavam sem máscaras. E ainda, a mídia promove isto como se as vítimas, quem apanhou, quem foi humilhado, quem foi levado preso, quem foi lesado pelas multas incabíveis, estivessem errados.
 Que absurdo é este, aonde vamos chegar?
        As pessoas são livres, nossa Lei máxima proibi anonimato, o que estão fazendo é violentando a CF, a Lei da Nação.
        E ninguém venha me dizer que são leis Estaduais, pois a lei primordial é a Nossa Constituição, isto é sim, manipulação para destruír a Nação)
        XXXIII –  todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado;
(Independente de qualquer coisa, é garantido a qualquer Cidadão obter informações, sem expor a vida de ninguém. No entanto, não é isto que está acontecendo junto aos hospitais de campanha, famílias tem sido violentadas em seus direitos, reprimidas e torturadas em seu psicológico, por não terem as devidas informações sobre os seus amados. Pais, filhos, familiares e parentes, ficarão com marcas profundas enquanto viver, por saberem que os seus foram tratados como indigentes, parecendo cão sem dono. E quem irá arcar com isto?
Famílias inteiras desoladas, sem poder se despedir de quem tanto os amou. Sem arguir a profunda dor de não se saber o que realmente houve.
Existem dores que são irreparáveis, ninguém trará de volta o que se foi.
Autoridade alguma tem o direito de tirar os direitos de quem tem real direito.
Que Deus faça Justiça e Juízo nesta e em todas as Nações.
Que despertem os homens, mentes saudáveis, que se levantem e impeçam que este mal se prolongue.
 Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança. Salmo 33:12
Pra. Elza Amorim Carvalho.