INFLUENZA: Prefeitura de Porto Velho pede para que população evite aglomerações nas unidades de saúde

81

O indicado é que as pessoas evitem aglomerações, pois, a primeira fase da campanha acontecerá até o dia 15 de abril

A propósito de algumas aglomerações verificadas na manhã de segunda-feira (23) nas unidades de saúde da capital para a campanha de vacinação contra o vírus Influenza, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria de Saúde (Semusa), reitera que somente os grupos prioritários, que neste momento inclui os profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos, compareçam às unidades de saúde.

Com o intuito de evitar ao máximo as aglomerações de pessoas nas unidades de saúde da capital e dos distritos, assim, evitando a propagação do novo coronavírus (COVID-19), é importante que apenas idosos acima dos 60 anos e profissionais da saúde estejam nas unidades, evitem levar acompanhantes e permaneçam aguardando do lado de fora das unidades de saúde.

De acordo com a secretária de saúde do município Eliana Pasini, é necessário que as pessoas evitem as aglomerações nas unidades de saúde, diminuindo o volume nestes primeiros dias, pois a campanha acontecerá até o dia 15 de abril.

“Pedimos que os idosos compareçam nas unidades de saúde, sem aglomerações. Não precisa ir todo mundo no primeiro dia, pois a campanha acontece até o dia 15 de abril, durante a semana um grupo vai de manhã e outro a tarde das 8 às 18h”, enfatizou a secretária.

Ainda de acordo com a secretária as equipes estão treinadas para realizar as imunizações em um curto período de tempo, evitando as aglomerações e o contato das pessoas umas com as outras.

A vacina protege contra a H1N1, H2N3 e Influenza B, mas não contra o novo coronavírus (Covid-19).

Idosos acamados e pessoas que não possam se deslocar até as unidades poderão entrar em contato e realizar o agendamento, onde uma equipe irá até a residência realizar a aplicação.

Telefone

3224-8071

Comdecom