Concurso Banco do Brasil: Edital para nível superior pode sair em 2020

29
Brasília - O Banco do Brasil vai fechar agências bancárias, ampliar o atendimento digital, lançar um plano de aposentadoria incentivada e propor redução de jornada de trabalho para parte dos funcionários (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Um novo concurso para reforço no quadro do Banco do Brasil poderá acontecer em 2020. Recentemente, o BB pediu cassação de uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), que determinou a necessidade de contratação específica de servidores de nível superior (Concurso Banco do Brasil), mas o STF (Supremo Tribunal Federal) não a permitiu. A instituição financeira estatal não realiza um concurso público há pouco mais de um ano.

De acordo com informe do STJ, de 11 de outubro de 2019, a decisão do TRT-10, fruto de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), vem justamente combater o desvio de função dos Escriturários do BB, que são de nível médio, por estarem desempenhando atribuições de nível superior.

Apesar de ter sido anulada norma interna do banco estatal, foi definido pelo tribunal trabalhista que os empregados já nomeados seriam mantidos em seus postos, ficando a regra do concurso público válida para as futuras ocupações de vagas de nível superior, conforme a respectiva profissão.

Embora a decisão do STF trate apenas das colocações de nível superior, nada impede que o Banco do Brasil realize nova seleção externa para o nível médio (cargo de Escriturários). Afinal de contas, sabe-se que há déficit de pessoal nas agências de algumas localidades.

O momento é de cautela e seguir estudando, pois não há, oficialmente, previsão de editais. Mas tais informações podem ser atualizadas a qualquer momento e vale acrescentar que, “historicamente”, já houve lançamentos de editais de forma inesperada (quando não havia, necessariamente, a previsão anunciada).

Último Concurso Banco do Brasil foi em 2018

O último concurso do Banco do Brasil foi regido pelo edital nº 01 – 2018/001 BB, e ofereceu vagas para o seu cargo de entrada: Escriturário (nível médio). Sob os cuidados da Fundação Cesgranrio, a seleção externa preencheu 30 vagas imediatas e 30 vagas para cadastro de reserva, todas para lotação nas agências situadas em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

Benefícios do BB para os empregados

Tomando por referência o edital de 2018, lembramos que a remuneração inicial foi de R$ 2.718,73, pelo regime da CLT, cumprindo 30 horas semanais.

Mas é fato que a carteira de benefícios para os empregados do BB não se restrige à remuneração. Os funcionarios já entram com acesso às seguintes vantagens: possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição; auxílio a filho com deficiência e previdência privada.

Atividades dos Escriturários

Os Escriturários do BB desempenham atividades como: comercialização de produtos e serviços do Banco; atendimento ao público; quando necessário, atuação no caixa; contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao cargo.

Como são as provas do concurso Banco do Brasil?

Os candidatos inscritos em cada concurso do BB são selecionados por meio de prova objetiva (veja no final desta notícia os conteúdos da prova de 2018); prova de redação; aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos (as) pretos (as) ou pardos (as); e procedimentos admissionais e perícia médica.

As provas objetiva e de redação têm, em geral, duração de cinco horas e, dependendo das necessidades de contratação do Banco, poderão ser aplicadas em cidades diferentes.

No último edital, elas foram aplicadas apenas nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

O critério básico de aprovação na prova objetiva é o seguinte: ter um aproveitamento mínimo 60% do total de pontos das provas objetivas, ou o mínimo de 55% do total de pontos nos Conhecimentos Básicos ou o mínimo de 60% do total de pontos nos Conhecimentos Específicos.

O prazo de validade da seleção externa, geralmente, é de um ano, a contar da publicação da homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado, conforme critério exclusivo do Banco do Brasil.

Conteúdo programático – Escriturário 2018

LÍNGUA PORTUGUESA: Emprego do acento indicativo de crase; Concordância verbal e nominal; Regência verbal e nominal; Colocação pronominal dos pronomes oblíquos átonos (próclise, mesóclise e ênclise); Emprego dos sinais indicativos de pontuação: vírgula, ponto, ponto e vírgula, dois-pontos, reticências, aspas, travessão e parênteses.

LÍNGUA INGLESA: Conhecimento de um vocabulário fundamental e dos aspectos gramaticais básicos para a interpretação de textos técnicos.

MATEMÁTICA: Lógica proposicional; Noções de conjuntos; Relações e funções; Funções polinomiais; Funções exponenciais e logarítmicas; Matrizes; Determinantes; Sistemas lineares; Sequências; Progressões aritméticas e progressões geométricas; Matemática financeira.

ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO: Sistema Financeiro Nacional. Dinâmica do mercado. Mercado bancário.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA: Análise combinatória; Noções de probabilidade; Teorema de Bayes; Probabilidade condicional; Noções de estatística; População e amostra; Análise e interpretação de tabelas e gráficos; Regressão, tendências, extrapolações e interpolações; Tabelas de distribuição empírica de variáveis e histogramas; Estatística descritiva (média, mediana, variância, desvio padrão, percentis, quartis, outliers, covariância).

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho Monetário Nacional; COPOM – Comitê de Política Monetária. Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários. Produtos Bancários: Noções de cartões de crédito e débito, crédito direto ao consumidor, crédito rural, caderneta de poupança, capitalização, previdência, investimentos e seguros. Noções de Mercado de capitais. Noções de Mercado Câmbio: Instituições autorizadas a operar e operações básicas. Garantias do Sistema Financeiro Nacional: aval; fiança; penhor mercantil; alienação fiduciária; hipoteca; fianças bancárias. Crime de lavagem de dinheiro: conceito e etapas. Prevenção e combate ao crime de lavagem de dinheiro: Lei nº 9.613/98 e suas alterações, Circular Bacen 3.461/2009 e suas alterações e Carta-Circular Bacen 3.542/12. Autorregulação Bancária.

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA: Linguagens de programação: Java (SE 8 e EE 7), Phyton 3.6, JavaScript/EcmaScript 6, Scala 2.12 e Pig 0.16; Estruturas de dados e algoritmos: busca sequencial e busca binária sobre arrays, ordenação (métodos da bolha, ordenação por seleção, ordenação por inserção, lista encadeada, pilha, fila, noções sobre árvore binária), noções de algoritmos de aprendizado supervisionados e não supervisionados; Banco de dados: conceitos de banco de dados e sistemas gerenciadores de bancos de dados (SGBD), modelagem conceitual de dados (a abordagem entidade relacionamento), modelo relacional de dados (conceitos básicos, normalização), banco de dados SQL (linguagem SQL (SQL2008), linguagem HiveQL (Hive 2.2.0)), banco de dados NoSQL (conceitos básicos, bancos orientados a grafos, colunas, chave/valor e documentos), data Warehouse (modelagem conceitual para data warehouses, dados multidimensionais); Tecnologias web: HTML 5, CSS 3, XML 1.1, Json (ECMA-404), Angular.js 1.6.x, Node.js 6.11.3, REST; Manipulação e visualização de dados: linguagem R 3.4.2 e R Studio 5.1, OLAP, MS Excel 2013; Sistema de arquivos e ingestão de dados: conceitos de MapReduce, HDFS/Hadoop/YARN 2.7.4, Ferramentas de ingestão de dados (Sqoop 1.4.6, Flume 1.7.0, NiFi 1.3.0 e Kafka 0.11.0).

concursosnobrasil