Só assim seremos Igreja de Deus – Por Elza Amorim Carvalho

12

Antes, renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano nem torcemos a palavra de Deus. Ao contrário, mediante a clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus.
2 Coríntios 4:2

Há algum tempo a Igreja do Senhor tem passado por diversas mudanças, e porque não dizer tem se corrompido.
A verdadeira essência do evangelho é transformar vida,  e para um vida ser transformada requer sacrifícios, renúncia, preço.
Sem sacrifícios não existe transformação, perda, e quebrantamento.

É ai que está o x da questão, a Igreja moderna não quer perder,  só se propaga ter lucros.
Mas não há como ganhar de Deus se não houver perdas da nossa parte.
Chegamos para Deus com uma vida totalmente submersa no pecado, com a alma machada pelo peso das nossas escolhas erróneas.  Como Deus poderá atua em nossa vida,  se primeiro não houver uma limpeza em nós?

Enquanto não for arrancado de dentro de nós os frutos pecaminosos existente, não haverá espaço para nascer o fruto do arrependimento.
E, se não houver arrependimento, a natureza humana continuará a aflorar,  impedindo então, o agir de Deus em nós.
E, quando Deus não consegue agir, o coração humano contínua a promover os mesmos deleites, desejo de outora.

A corrupção espiritual conseguiu engajar-se no seio da Igreja atual, e fez muitos renderem-se as suas facilidades.
Evangelho ficou vulnerável,  adaptado para satisfazer o ego dos que não querem morrer para si e viver para Deus.
A conciliação da Igreja aos conceitos mundanos prova o quanto o homem está desviado de Deus.

Independente do ponto de vista de quer que seja, têm que haver diferença entre os que servem a Deus e os que não servem.
Não existe ligação entre a luz e as trevas.
Se a Igreja se conforma ou aceita as coisas deste mundo,  é porque ela ainda não conhece Deus, pois Jesus disse que o mundo está no maligno.

Se não houver uma mudança brusca na nossa mentalidade, andaremos perdidos mesmo estando no caminho certo.
É preciso matar o velho homem dentro de si, buscar viver a palavra de Deus como ela é,  uma espada que atravessa o profundo da alma humana para denunciar o pecado nela existente.
Só assim seremos de fato, Igreja de Deus.

Pra. Elza Amorim Carvalho
#pra.elzaamorimcarvalho
@Praelzacarvalho
# nas redes sociais.
Email: elzacarvalho68@gmail.com