O evangelho que dói – Por Elza Amorim Carvalho

16

E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Mateus 3:2

Precisamos buscar mais a Deus, abrir os nossos olhos espirituais para as coisas do seu reino, permitir que a chama da fé verdadeira seja aquecida em nosso peito.
Vivemos dias de densas trevas, um tempo perigoso, aonde o mal têm atraído multidões para seu  colo.
Se não atentarnos prudentemente para a fiel palavra, seremos acometidos pelos enfeites de Satanás.

Infelizmente, o inimigo tem arrastado para si, até destinados a salvação em Deus.
Não são poucos os que estão com suas mentes cauterizadas pelo engano, achando que serve a Deus,  mas estão sendo como marionetes, conduzidos pelo condão das trevas.
Triste realidade é esta. Mas o fato de não atentarnos prudentemente para os alertas do Senhor Jesus,  muitos cristãos, estão compactuando com o projeto do inimigo, que é afastar a alma humana do Deus único.

As pessoas tem comido gato por lebre, ou melhor, tem vívido um evangelho forjado para satisfazer interesses do homem, um evangelho manipulado para agradar e atrair membros, um evangelho que disfarça o pecado e não o denuncia.
Enquanto a finalidade do puro evangelho é provocar confronto no interior de cada pessoa, para que elas percebam o quanto estão erradas, se entristeçam com os seus erros, e assim, arrependam-se, e se voltem para Deus.

O evangelho também dói, porque ele têm o poder de rasgar a alma do pecador e colocar às vísceras da iniquidade até  então escondidas, camufladas, a mostra.
A palavra de Deus é a chave que abre o cadeado que prende o homem no cárcere da escuridão.
A palavra de Deus é o único meio de arrancar o ser humano do poder da morte eterna.
Fale, viva, ensine a verdadeira palavra como ela é, doa a quem doer, caso contrário, você terá que responder por muitas vidas.

Pra. Elza Amorim Carvalho
#pra.elzaamorimcarvalho
@Praelzacarvalho
# nas redes sociais.
Email: elzacarvalho68@gmail.com