Visões:  Segurança PÚblica, Senado, camuflagem, farsa, Dr. Drauzio Varella, casal/ restaurante, mulher jogada de penhasco, retorno – Por Elza Carvalho

62
Pra Elza Amorim Carvalho

Na madrugada deste dia 07 de setembro de 2019, eu tive algumas visões.
No entanto, nem todas eu conseguir anotar,  porém, eu vou escrever o que lembro.

Eu ouvir vários noticiários,  fatos que irão acontecer.

Eu ouvir:
“Estática e Segurança Pública…
Estudou e avaliou…”
E eu via a matéria no jornal e vi às letras AN que seria do jornal.
Minha mente voltou.

Depois eu ouvir:  “O Senador que recebeu a prova final”
Era algo ligado ao Governo Federal.

Depois eu ouvir: “Selecionado por proposta que ganhamos”
(Era algo ligado a investigação, não sei se a lava a jato, ou similar)

Depois eu ouvir:  “Dr. Drauzio Varella”
(Fato importante que o envolve, irá acontecer)

Depois eu vi algo: era um casal, eles tinham ido almoçar em um restaurante.
O restaurante era em uma rua bonita,  tinham árvores nela, e tinha várias plantas a sua frente.
E este casal já havia almoçado e tinha saído.
E o rapaz esqueceu algo no restaurante e voltou para pegar, a moça ficou no carro.

Eu não sei o que aconteceu, eu vi o rapaz saindo do restaurante para atravessar a pista.
E, eu não sei se foi outro carro ou uma moto, ou ambos.
Aconteceu algo horrível,  que eu vi um pneu, na maior velocidade, girando, e passou na frente do rapaz.
Foi quando eu vi este rapaz levar um susto e colocar a mão na boca, apavorado, olhando na direção onde estava a moça.
Era um rapaz bonito,  elegante e tinha cabelos cacheados.

Depois eu via muito tumulto, discórdia e ouvir na voz de Celso Freitas:  “A farsa…”
Eu tive a impressão que isto se tratava do Congresso Nacional.

Depois eu ouvir um grito bem forte de uma mulher.
Em seguida eu vi uma mulher pendurada,  em uma pedra,  parecia um rochedo, penhasco ou barranco.
Ela chorava muito, estava desesperada, e ela dizia ” não”
Eu via as mãos dela tentando se segurar, e parecia que alguém pisava em cima para ela se soltar.
Parei de ver.

Eu ouvir algo,  um episódio que estava sendo relatado com graça.
Alguém contava um fato, e dizia:
“Este, festeja a chegada do filho.
Essa mãe em 92 …”
Então, eu vi um homem chegando, com uma sacola e uma criança segurando a sua mão.
Parei de ver

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho
Elzacarvalho68@gmail.com