Visão: Lua Cheia, tragédias: queimadas, chuvas, geadas, neves, ventos, deslizamentos, desmoronamento, queda de avião, desabamentos, muitas destruição, professora queimada

264

Na madrugada de 14 de junho de 2019, eu tive uma visão.  Eu vi uma sala de aula, haviam várias cadeiras vazias e haviam pessoas circulando. 

Alguém abriu a porta e foi entrando, foi quando uma mulher surgiu de detrás da mesa agarrando outra pelo cabelo e foram ficando em pé. 

A que estava sendo suspensa pelo cabelo estava com as duas mãos tapando o rosto, e ela era pela clara.

E a que estava a suspendendo disse: “Sandra Goldin, qual é a professora queimada por Dona Ana (Angela) Cavalcante”. 
Minha visão voltou.

Nesta madrugada dia 15 de junho de 2019, eu também tive uma visão, eu vi uma área ampla, havia alguns verdes, e havia um espaço muito grande de vegetação queimadas. 
Haviam muitas falas ali, muito tumulto, mas eu escutei o seguinte:  “Queimando lado Brasileiro”

Minha mente voltou.

Depois eu ouvir outra coisa, e via cenas, mas não conseguia assimilar, era muito sombrio.
Havia muito barulho, confusão, medo.

Eu só guardei uma frase: “mulher foge depressa se meta sem ninguém saber”
Assustei-me, e com dor na cabeça.

Ja era aproximadamente as 7:00 deste dia quando eu tive outra visão. 
Só que, as imagens desta visão foram diferentes, algumas cenas eram como eu  as estivessem vendo sob reflexo da luz por detrás da cortina.

Primeiro eu fui vendo uma gigante esfera subindo devagar, e parou no centro do céu e cresceu mais, e eu sabia que se tratava da lua cheia.

Depois eu vi duas montanhas com bastante verdes, depois ficou tudo coberto não sei se era neblina, ou geada, mas ficou tudo claro,  e os céus muito nublado. 

Via lugares, alguns com densa vegetação, e caia  uma intensa chuva fina, era algo impressionante,  depois ficou também, tudo branquinho,  pensei ser geada e a atmosfera estava nublada, depois parecia que as nuvens estavam sobre a camada da terra.
Depois eu vi muitas chuvas caindo, eram chuvas fortes.

Eu vi ventos fortíssimos, arrancava árvores, arrastava coisas, parecia cenas de filmes.
Eu vi novamente geadas,  muita vegetação  cobertas de branco,  creio que era neve.
Eu vi algo, parecia muitas árvores, eu estava olhando para cima, parecia também haver montanhas ali, e eu vi um clarão vindo sem controle, mas estava tudo nublado,  neste momento eu vi, como se uma luz piscasse dentro da minha casa.

Então eu pensei: deve ser um avião caindo, e deve ter sido atingido por raios. 
Vi algo parecia deslizamento,  pois eu vi como se a terra estivessem escorregando. Depois eu vi um paredão romper-se e muitas lamas e águas sujas escorriam. 
Eu vi muitas árvores arrancadas, arrastadas.Eu vi uma árvore muito grande quebra-se e tombar. 
Eu vi portes arrastados e quebrados, muito curto-circuito. 
Eu vi, parecia ser uma antena de captação de sinal, ou uma sinalização de aeroporto, e foi virando e tombou.Vi algo que parecia uma cruz muito alta, cair.
Vi também penso que era estátua, torre, era monumento alto, tombar.
Vi as águas do mar embolando-se furiosas e vindo. 
Eu vi águas do mar invadindo, barrancos e casas. 
Eu vi coisas sendo arrastadas, eu vi muito destroços. 
Eu vi fortíssimas e gigantescas cachoeiras, as águas estavam assustadoras. 
Vi de novo muitas lamas descendo,  muitas mesmo.
Depois eu vi muitas águas de chuvas embolando-se.
Depois vi de novo,  muita lamas. 
Eu vi muitas coisas, as cenas eram uma sobre as outras, tudo misturado. 
Parei de ver, porque parecia que meu cérebro acumulou e eu estava com dificuldades para permanecer concentrada.

Penso que muitas coisas irão acontecer na lua cheia.

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho 
Elzacarvalho68@gmail.com