Visão: Espancamento e Tentativa de chacina, sequestro, Foz de Iguaçu e barragem

64

Na madrugada deste dia, 02 de junho de 2019, eu tive as seguintes visões:

Eu ouvia muito barulho, muita confusão ao mesmo tempo, via e ouvia vozes e cenas diferentes,  mas eu vi uma cena.
Era uma pracinha com ruas, algo deste tipo, haviam muitas pessoas, e algo ruim acontecia ali.

E, havia uma família que estava sentenciada a morte pelo tráfico.
Havia um carro ali, então um daqueles homens mandante, disse: Para não matar todo mundo,  vou colocar 9 pessoas dentro deste carro e vou cobrir com um pedaço de madeira, escolham ai, incluindo crianças, não façam nenhum barrulho, senão todos vão morrerem.

Os outros se não quiser morrer tem que se defender.
(Mas era muita gente contra os que sobraram) E eu vi entrar no carro duas crianças entre as nove.
Tudo ao redor estava fechado, tudo estava apagado.
Havia muito espancamento.

Era uma hora da manhã,  tudo era horrível e sombrio, haviam muitas pessoas com porretes para matar aquela família, isto incluía até os avós.
Foi quando a pessoa que estava sentada no banco do motorista naquele carro, ouvindo os gritos de dores do seu pai e familiares, de dentro do carro, não suportou, e começou a buzinar e a gritar por ajuda, loucamente.
Então as luzes das casas se acenderam, ouviu-se o barulho de portas se abrindo.
Minha mente voltou.

Enquanto eu vi estas cenas,  eu ouvia uma voz narrativa contando esta história, era um repórter. 

Depois eu vi outra coisa:
Ouvir uma voz masculina dizer: Pense em alguém corajoso…Rio de Janeiro a procura de um casal.
Enquanto eu ouvia isso, eu via uma mulher grávida,  a barriga dela já estava grande e estava descoberta, ela estava com as mãos por baixo, como se estivesse segurando.
Dentro de mim, eu tinha a sensação de sequestro.

Depois eu vi: era as cachoeiras de Foz de Iguaçu.
Mas acontecia algo ali, porque desciam muitas águas,  estava assustador.
Depois eu vi, como fortes cachoeiras, mas eram águas meio barrentas, águas de chuvas, e rolavam com ímpeto.
Eu só não sei se também era lá.

Depois eu vi, era como se fosse uma gigantesca bacia de água, eu vi por cima, a beirada, ela se sacudia.
Mas, o líquido era algo pastoso, e quando balançava, derramavam-se, e descia como um grosso caldo.
Penso que se trata de uma barragem.
Eu acredito que não vai demorar para isto acontecer. 

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho
Elzacarvalho68@gmail.com