Hildon Chaves anuncia data do edital do concurso da Semed com 754 vagas para professor, técnico e pessoal de apoio

172

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, anunciou nesta terça-feira (7), que na quinta-feira será divulgado o edital para o concurso Secretaria Municipal de Educação (Semed) com 754 vagas para os cargos de professor, técnico e pessoal de apoio. 
As inscrições iniciam no dia 13 deste mês no site da banca Ibade. As provas serão realizadas em julho, para que o mais rápido possível os servidores sejam chamados para o quadro. 

Segundo a Semed, os cargos ofertados são para professor, orientador, supervisor, merendeira, zelador, monitor e instrutores de artes para atender as escolas da rede municipal. No total, serão disponibilizadas 333 para professores da área urbana e mais e 150 professores da área rural.

De acordo com o prefeito, o concurso é para atender os mais de 50 mil alunos da rede municipal. “Como nossa demanda é grande, mais da metade das vagas será destinada para professores da área urbana e rural. A rede municipal é grande, mas nós estamos avançando em vários aspectos e quem ganha com tudo isso são os nossos alunos”, disse Hildon Chaves. 

A secretária adjunta da Semed, Gláucia Negreiros, disse que há quase 10 anos o município não ofertava concurso público para a rede municipal que só cresce, segundo ela. “Atualmente o município é responsável por 139 escolas para atender a demanda e nosso atendimento aos alunos evoluiu e cresceu muito mesmo sem a contratação de novos professores. Quem ficava prejudicado e com dificuldades, eram as nossas escolas e alunos”, enfatizou a secretária. 

Piso salarial

Durante a coletiva, o prefeito aproveitou para anunciar que ainda este mês o município vai começar a pagar o piso nacional dos professores. “Nós estamos resgatando uma grande injustiça porque a prefeitura de Porto Velho não vem pagando o piso nacional. E atendendo a demanda da secretaria, e especialmente dos vereadores Márcio Miranda e Joelna Holder, nós conseguimos a partir de agora começar a pagar o salário dos nossos servidores atualizado”, destacou Hildon Chaves. 

Para a secretária adjunta, esse foi outro avanço que o prefeito priorizou para a educação atualizando o piso salarial respeitando a legislação que em 2019 completa 10 anos. “Para que isso pudesse ser feito, nós fizemos um estudo de impacto porque impactou a nossa folha de pagamento. Mas o prefeito priorizou os recursos da educação e vai efetivar o pagamento a partir do mês de maio para nossos servidores com a carga horária de 40 horas e magistério”, garantiu Gláucia Negreiros. 

Sobre os demais servidores que já recebem proporcionalmente esse piso salarial, no caso dos servidores 25 horas, a secretária adjunta disse que a Semed está fazendo um estudo juntamente com a Secretaria Municipal de Administração (Semad) sobre o percentual de reajuste salarial para esses demais professores. “A gente tem até o dia 4 junho para apresentar a proposta de reajuste para os demais servidores”, finalizou.