VISÃO: Tempestade de ventos e de chuvas, enchentes, queda de barragens, terremotos, vacinas, epidemias

99
Lucid Dreaming series. Backdrop of human face and colorful fractal clouds on the subject of dreams mind spirituality imagination and inner world

Na madrugada deste dia, 03 de maio de 2019, eu tive a seguinte visão: 
Eu vi muito vento, eram ventos fortíssimos,  eu vi muitas árvores serem arrancadas,  palmeiras ou coqueiros pareciam envergar, e muitas eu as via arrancadas. 
Eu vi algo, não sei se era um caminhão ou um ónibus,  eu vi cai sobre ele, na frente, algo, parecia com tronco de árvore, ou uma barra de ferro, era muito pesado, e o partiu ao meio, como se fosse uma banda de pão, eu tive a impressão que naquele lugar, não sobrou nada.

Eu vi também muita chuva, o tempo estava escuro de tanta chuva.
Depois eu comecei a ver,  parecendo uma ladeira, e desciam tanta águas de chuvas, eram águas sujas de barro e lamas.

Depois eu vi, um lugar romper-se a sua diagonal direita, e eu vi muitas lamas descendo, era algo assustador.

Eu vi também, muita destruição,  vi casas destruídas, vi bastantes destroços. 
Vi casas sem seus tetos, paredes aos pedaços em pé, vi muito lixo, muito entulho, algo destruidor, e vi em alguns espaços muitas águas sujas, de enchentes.

Depois eu vi pedaços de prédios, de casas, de construções, uma terrível ruína, parecia ter acontecido um terremoto ali.

Depois eu vi um inseto, voando,  e voando.
Parecia-me, ser um mosquito. 
Acredito que isto é a confirmação da epidêmia da dengue e outros equivalentes.

Depois eu vi uma ampola muito grande,  era uma vacina, e vi quando uma mão a girou entre os dedos. 
Acredito também, que isto se trata de vacinas contaminadas.

Eu vi muitas coisas, mas não consigo lembra-me,  porém, eu tenho convicção que são coisas que já contei em visões anteriores.

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho 
Elzacarvalho68@gmail.com