A palavra de Deus é a verdade

121

Disse-lhes, pois, Jesus:… Se vos digo a verdade, por que não me credes?

João 8:42, 46

A maneira como alguém lida com a verdade nos revela seu caráter. É possível ter medo da verdade, ou evitá-la e até mesmo suprimi-la. Agindo assim, entretanto, o indivíduo produz apenas o mal para si mesmo. Por outro lado, nós podemos buscar e respeitar a verdade ou, de fato, estimá-la e amá-la. Dessa forma, tomamos posse da verdade e nos apegamos a ela firmemente e nos acostumamos a examinar a informação pelo seu conteúdo verdadeiro.

A mesma é verdadeira e crível? Ela pode ser provada? Frequentemente, somos incapazes de conferir afirmações que são feitas: não temos nada em mãos para julgar certas afirmações. Em tais situações somos cautelosos e esperamos. Não queremos ser apanhados por mentiras, pois existem muitas coisas que parecem verdadeiras à primeira vista.

Qualquer um que busca a verdade pode reconhecer, pela leitura da Bíblia, que aquilo é verdadeiro. A Bíblia nos apresenta as pessoas como elas são. Ela nos fala a verdade acerca de Deus e de Seu Filho Jesus Cristo, acerca do bem e do mal e da culpa e do perdão.

Como criaturas de Deus, nós temos uma responsabilidade da qual não podemos nos livrar: não podemos tratar a verdade de Deus com indiferença. Jesus Cristo trouxe a verdade à luz. Todos os que confiam sua vida ao Senhor Jesus experimentarão o efeito libertador da verdade:

“Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:31-32).