Peixe BR e associados prospectam negócios na Seafood Expo North America, em Boston (EUA)

114

A Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) e as empresas associadas Da Fonte Aquicultura, Fazenda Marinha de Buzios, Geneseas, Piscicultura Cristalina, Delicious Fish, Mar & Terra, Tilabras, Friocenter Pescados, Lakes Fish e Marel representaram o Brasil na Seafood Expo North America, realizada em meados de março, em Boston (EUA). Esta é uma das mais prestigiadas mostras mundiais voltadas à cadeia da produção e comercialização de pescados e frutos do mar. Foi a maior comitiva da piscicultura brasileira presente à Seafood Expo North America.

“Muitas empresas brasileiras têm competitividade para a comercialização de filé de tilápia fresca para os Estados Unidos. Acreditamos no crescimento do volume exportado em 2019, superando o ano passado, muito por conta da entrada no mercado de novas empresas aptas a exportar seus produtos e também do potencial do mercado norte-americano, o maior do mundo”, ressalta Francisco Medeiros, presidente executivo da Peixe BR.

A aquicultura ganhou espaço importante na Seafood Expo North America 2019, com maior participação de empresas de tilápia, salmão, camarão, ostras e mariscos, o que demonstra o crescimento da demanda global por pescados. Quanto aos produtos da pesca, destaque para o Atum, com representantes de várias partes do mundo.

Francisco Medeiros informa que o mercado norte-americano é muito competitivo e o Brasil já conseguiu negociar e participar de uma pequena parte desse nicho. “A tilápia brasileira tem importante diferencial: a alta qualidade. Mantermos um elevado padrão, que é essencial para alavancar o processo de inserção naquele país e em outros importadores”, explica o presidente executivo da Peixe BR.

Para Mauro Nakata, diretor da Piscicultura Cristalina, a exposição da piscicultura brasileira foi muito positiva em Boston. “Foi importante para ter ideia do tamanho do mercado norte-americano. Sentir esse termômetro foi extremamente positivo para as empresas nacionais. Realizar contatos, conhecer as empresas internacionais de pescado e mostrar a força da produção brasileira foram pontos de destaque na visita à Seafood Expo North America”, afirma Nakata.

Roberto Haag, CEO da Geneseas, diz que presenciou na feira uma aceitação e aquecimento na demanda por produtos brasileiros, pois o país se diferencia em termos de qualidade, volume e preços. “Sentimos também tendência muito forte de interesse por produtos com selo de sustentabilidade e qualidade, o que acaba por valorizar nossa produção. Outro ponto relevante foi a disposição dos norte-americanos de conhecer melhor a tilápia brasileira, o que nos impressionou. As degustações agradaram seus paladares e esse é um indicador do potencial e das oportunidades abertas”, destaca Haag.

O proprietário da Da Fonte Aquicultura, Ricardo da Fonte, entende que esta edição da Seafood Expo North America foi mais positiva em comparação às edições anteriores, pois as empresas brasileiras tiveram a oportunidade de mostrar a qualidade dos produtos no estande brasileiro. “Isso gerou credibilidade extremamente positiva perante o público altamente diversificado e qualificado da feira. A expansão e a visibilidade dos produtos brasileiros para o mundo e a prospecção de negócios foram pontos altos do evento”, analisa Fonte.

Raul Lima, proprietário da Lake’s Fish, explica que foi a primeira feira que participou com intenção real de venda. Ele destaca contatos bastante interessantes. “A participação do Brasil no evento acrescentou muito à piscicultura brasileira. Além da visibilidade, o intercâmbio de informações foi muito engrandecedor. A tilápia brasileira teve boa receptividade no evento. Afinal, nosso padrão qualidade é compatível com a de outras regiões do mundo”, disse Lima.  

 

Para mais informações, acesse: www.peixebr.com.br ou pelo telefone (11) 3039-4112.