Finlândia é o ‘país mais feliz do mundo’; Brasil despenca no ranking

231

O dia 20 de março é considerado o Dia Internacional da Felicidade. Para celebrar a data, foi divulgado um ranking dos países “mais felizes do mundo” e, pela segunda vez consecutiva, a Finlândia liderou a lista. O “Relatório de Felicidade Mundial”, feito há sete anos pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), analisou 156 países, considerando aspectos como PIB per capita, políticas sociais, expectativa de vida, liberdades civis, generosidade e índice de corrupção.

As melhores posições do ranking foram obtidas por países nórdicos. Além da Finlândia, aparecem a Dinamarca, a Noruega e a Islândia. Em seguida, para completar o top 10, vêm Holanda, Suíça, Suécia, Nova Zelândia, Canadá e Áustria. Veja imagens na galeria acima.

Já os Estados Unidos caíram uma posição, do 18º para o 19º. O Brasil, por sua vez, teve uma queda de 16 posições, indo para a 32ª.

A “nota” atribuída ao Brasil é de 6,3 mil pontos, a menor média do país desde 2014. A Finlândia, que lidera o ranking, por exemplo, tem 7,76 mil pontos.

Do lado oposto da lista, o Sudão do Sul ocupa o último lugar do “Relatório de Felicidade Mundial”, atrás da República Centro Africana, Afeganistão, Tanzânia, Ruanda, Iêmen, Malawi e Síria, que são os lanternas.

Resultado de imagem para FINLANDIA PAIS FELIZ

Na América Latina, o país mais feliz é a Costa Rica, que ocupa a 12ª posição, seguida de México (23°), Chile (26°), Guatemala (27°) e Panamá (31°).

“A felicidade e o bem-estar das pessoas representam o último fim, a missão de todo governo e sociedade. Podemos considerar felicidade como um produto da combinação de 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda de 2030”, disse a embaixadora italiana na ONU, Mariangela Zappia. (ANSA)