Cafés do Brasil ocupam quinto lugar no ranking do faturamento das lavouras

96

o total das lavouras brasileiras em 2018, incluindo o café, atingiu o montante de R$ 383,87 bilhões. O ranking dos cinco produtos que apresentaram maior faturamento é o seguinte: soja, em primeiro lugar, com R$ 142,36 bilhões, que equivale a 37% do faturamento total; em segundo, cana-de-açúcar – R$ 61,08 bilhões (16%); milho, em terceiro – R$ 47,12 (12%). Na sequência, em quarto lugar, algodão herbáceo, com R$ 33,99 bilhões (9%); e, por fim, o café, que figura em quinto lugar nesse ranking, com R$ 24,92 bilhões, cujo faturamento representa 6,5% do total.

Estimativas preliminares, para 2019, indicam que o faturamento bruto da lavoura cafeeira deverá decrescer 10% e atingir o montante de R$ 20,77 bilhões. Essa redução é atribuída ao efeito da bienalidade negativa que aponta uma queda de 10,8% na produção em 2019, se comparada com a safra colhida em 2018. Os dados e números que permitiram esta análise do faturamento das lavouras foram obtidos do Valor Bruto da Produção – VBP, da Secretaria de Política Agrícola – SPA, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – Mapa. No que concerne exclusivamente aos Cafés do Brasil, a partir de julho de 2014, as edições do VBP passaram a ser disponibilizadas no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.