Exportações e custos menores podem garantir recuperação da suinocultura

57

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, as expectativas de aumento nos embarques de carne suína e de diminuição dos custos de produção indicam um possível cenário otimista para o setor neste ano.

Dados do USDA indicam que as exportações brasileiras de carne suína devem crescer 7% em 2019, com destaque para as compras da China. Em relação aos principais insumos utilizados na atividade, farelo de soja e milho, a oferta desses produtos deve aumentar, impedindo, ou ao menos limitando, fortes altas das cotações.