Recanto da alma de Cristo – Por Ricardo Oliveira

153
Meu Deus e Senhor!
Na imensidão do meu coração,
Tenho andado fora de suas palavras,
E dolorosamente, venho a de certa forma,
Sangrando o teu Sagrado Corpo.
 
Não existe desculpas para não orar,
Nem mesmo permanecer no recanto de tua alma.
Por isso, nesses versos singelos,
Anseio por teu perdão através do amor.
 
Um amor misericordioso!
Que me reviste de valores,
E me dá a oportunidade de viver
Sempre no caminho da fé.
 
Mostra-me a tua face, Senhor!
Pois a minha tu bem conheces.
Sabes todos os meus movimentos,
Até os pensamentos dos quais tenho.