Marcos Rocha diz que ele e Bolsonaro são exemplos que fundo eleitoral não é necessário

230

Em entrevista ao RONDONIAGORA na noite deste domingo, instantes depois de ser eleito, o novo governador, Marcos Rocha disse que acompanhou a apuração em casa e foi seu filho que logo viu que ele estava na frente. Marcos pediu calma e só acreditou na vitória após a consagração de Jair Bolsonaro. Ele disse que o perfil de seu Governo vai ser o combate a corrupção, que vai trabalhar para “limpar a máquina e varrer a corrupção e assim vai sobrar dinheiro”.

O novo governador explicou que sua campanha foi enxuta, praticamente sem recursos, barata e disse que devolveu boa parte das doações. “Queria realmente uma campanha barata e provamos que o fundo eleitoral não é necessário. É um desvio legal que poderia ser aplicado na saúde, educação. Eu e Bolsonaro somos prova disso, que não é necessário”. Confira:

Combate a corrupção será a base do Governo, diz Marcos Rocha

A mudança de Rondônia começa agora, disse o novo governador

Publicado por Jornal Rondoniagora em Domingo, 28 de outubro de 2018