Publicada em 08/06/2018 às 12:36

Redução da Cide pode levar Acre a perder R$ 7 milhões

O estado deixará de arrecadar com a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) sobre o combustível.

 

A decisão do governo federal de reduzir a cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel pode levar o Acre a perder R$ 7 milhões em transferências da União em 2018. A informação foi repassada pela Secretaria da Fazenda.

A equipe econômica do governo Sebastião Viana (PT) ainda não tem uma projeção de quanto o Estado deixará de arrecadar com a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) sobre o combustível.

A redução de tributos sobre o diesel foi uma das medidas anunciadas pelo governo Michel Temer (MDB) de atender as reivindicações dos caminhoneiros, que pararam o país por uma semana.

Além da Cide, a União reduziu a PIS/Cofins. A arrecadação destes impostos implica na soma das receitas que são divididas entre os Estados. Dependente das transferências federais, o Acre tende a ser um dos mais impactados, num momento já delicado nas finanças públicas.

Autor: ac24horas.com
Fonte: ac24horas.com

Comente com o Facebook